Trends

Trends da arte – Realismo

Dando continuidade à serie de postagens sobre a história da pintura, hoje veremos um pouquinho sobre o Realismo, que se despia do olhar idealizado e subjetivo do pintor, para dar espaço a uma pintura neutra que retratasse a realidade.

Uma ideia errada muito comum sobre o movimento é que ele não se tratava de fazer obras que eram cópias fiéis e perfeitas, mas sim de retratar momentos reais, retratar o dia-a-dia, o campo, o trabalho e as mazelas sociais.

O movimento artístico, que se manifestou na literatura, escultura e na pintura, surgiu da necessidade de retratar a vida, os problemas e os costumes das classes médias e baixas como ela é; quebrando o vínculo de exclusividade dos temas banais burgueses em reação ao romantismo.

Assim, entre 1850 e 1900 o movimento cultural e artístico predominou na França e se estendeu pela Europa e outros continentes. Confira abaixo alguns nomes da pintura Realista:

 

  • Gustave Coubert – Bonjour, Monsieur Courbet. 1854. Óleo sobre tela.
Bonjour, Monsieur Courbet.
  • Jožef Petkovšek – Início. 1889. Óleo sobre tela.
Início
  • Edouard Manet – O Balcão. 1868. Óleo sobre lona.
O Balcão
  • Jean-François Millet – As Respigadeiras. 1857. Óleo sobre tela.
As Respigadeiras.

E aí, alguém já sabe qual o movimento artístico do próximo post?